Polar Unite: smartwatch fitness chega ao Brasil por R$ 1.299


O Polar Unite é o novo smartwatch fitness anunciado no Brasil com preço sugerido de R$ 1.299. O relógio monitora sono e diversas atividades físicas, além de oferecer guias personalizados de treino baseados nos dados corporais do usuário. O acessório chega por valor mais em conta que o Polar Ignite, que desembarcou no país em 2019 por R$ 1.499. A fabricante promete que o dispositivo fornece autonomia de bateria de até quatro dias. No entanto, o lançamento não traz GPS integrado como os rivais Galaxy Watch Active 2 e Apple Watch Series 5.

Os consumidores interessados poderão adquirir o aparelho na loja oficial e no varejo a partir de agosto nas cores preto, branco, rosa e azul com pulseiras de três tamanhos inclusas na caixa.

Smartwatch fitness Polar Unite chega ao Brasil por R$ 1.299 — Foto: Divulgação/Polar

Smartwatch fitness Polar Unite chega ao Brasil por R$ 1.299 — Foto: Divulgação/Polar

O smartwatch traz um visual parecido com outros modelos da Polar, incluindo mostrador circular e peso leve. Se o Polar Ignite já pesava menos que o Apple Watch 5, o Polar Unite é ainda mais leve: de 35, passa para apenas 32 gramas.

Segundo a fabricante, o dispositivo usa diversos mecanismos para entender o usuário e oferecer sugestões de treinos. O relógio traz, por exemplo, função que mede a recuperação do sistema nervoso autônomo após um dia de exercícios, e outra que testa o nível de condicionamento físico. Existe ainda um recurso de relaxamento similar ao do relógio da Apple.

Com base nestas informações, a função FitSpark oferece treinos personalizados que levam em consideração o histórico de sono e recuperação, além do nível de condicionamento físico e treinamento do usuário. A ideia é usar os dados coletados para gerar rotinas customizadas todos os dias. As informações também podem ser consultadas no app Polar Flow para Android e iPhone (iOS).

Polar Unite oferece suporte ao Polar Flow, aplicativo disponível para Android e iOS — Foto: Divulgação/Polar

Polar Unite oferece suporte ao Polar Flow, aplicativo disponível para Android e iOS — Foto: Divulgação/Polar

Ao treinar, o relógio se comporta como outros da mesma categoria. O usuário recebe, por exemplo, alertas vibratórios mostrando os batimentos cardíacos captados pelo monitor integrado. A fabricante não especifica quais outros sensores estão presentes. Uma ausência marcante é o GPS. Ao praticar atividade física ao ar livre, é preciso conectar o Polar Unite ao celular.

Durante um treino nessas condições, a bateria promete durar 50 horas contínuas. Já em modo relógio, a promessa é de até quatro dias de autonomia mesmo com o monitoramento cardíaco contínuo ativado.

–:–/–:–

Como identificar golpes recebidos pelo celular

Deixe um comentário